hawai set

Doze municípios da AMCG aderem a ‘Regionalização do Turismo’

0

Ortigueira, Telêmaco Borba, Ventania, Tibagi, Piraí do Sul, Jaguariaíva, Sengés, Carambeí, Castro, Ponta Grossa, Palmeira e Porto Amazonas. Estes são os municípios que fazem parte do mapa da Regionalização do Turismo na região dos Campos Gerais. A Secretaria de Estado de Turismo do Paraná (Setu) está fechando o processo de regionalização em todo o Estado para concluir o remapeamento do turismo. Conforme a gerente da Agência de Desenvolvimento do Turismo nos Campos Gerais e da Rota dos Tropeiros do Paraná (ADTCG), Karen Kobilarz, com esta estratégia, a Setu, o Ministério do Turismo e as próprias instâncias de governança regional – no caso dos Campos Gerais, a ADTCG – conseguem realizar o planejamento estratégico de cada região e também cobrar dos gestores ações voltadas a implementação da atividade turística.

Dentre as cidades da Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG) que aderiram ao Programa de Regionalização do Turismo (PRT), poucas já contam com Conselhos de Turismo estruturados. “Mas esta vai ser uma das ações que será cobrada através do Ministério do Turismo”, aponta Karen, já orientando as Prefeituras a se adequarem.

De acordo com a gerente da Agência de Desenvolvimento, os próximos passos do PRT irão buscar o nivelamento dos municípios quanto a hierarquização. “Temos alguns municípios que estão bem a frente na atividade turística. Vamos buscar fortalecer os demais para continuar com um nível bom junto à Setu”, destaca Karen, lembrando da hierarquização realizada pela Secretaria de Estado em 2012 que apontou os Campos Gerais em primeiro lugar entre as regiões turísticas do Paraná, ficando a frente das demais regiões, como Cataratas do Iguaçu e do Litoral, por exemplo.

Para buscar este nivelamento entre as cidades da região, o setor de turismo da AMCG irá realizar assessoria junto aos dirigentes municipais para fortalecer a gestão pública do turismo. “Vamos mostrar a importância da formação de Conselhos e de ações básicas para a implementação do turismo, como a produção ou, em alguns casos, a atualização de inventários turísticos”, explica a turismóloga da entidade Danielle Teixeira. Para isso, equipe da associação já está percorrendo a região e ‘mapeando’ a atividade. “Já fomos até o município de Jaguariaíva e o próximo a ser visitado é Ventania, na terça-feira”, adianta a profissional.

Conforme a consultora do Sebrae, Nadia Joboji, muitos dos municípios que aderiram ao Programa possuem o potencial turístico, mas não um produto a ser comercializado. “Por isso, todos os setores envolvidos – ADTCG, AMCG e o próprio Sebrae – vão atuar em conjunto”, adianta. Para alavancar o turismo, o Sebrae está atuando em alguns municípios para incentivar a criação de redes empresariais. Os municípios de Castro e de Carambeí já montaram as suas.

Campartilhe.

Comentários desativados.