hawai167

Tomar vinho no café da manhã pode ser a próxima tendência adotada pelos britânicos

0

Enquanto tomar uma taça de vinho com um prato de ovos benedict poderia ser classificado como “um problema”, ficar tão bêbado a ponto de esquecer seu próprio nome, é perfeitamente aceitável nas noites de sexta-feira.

A atitude de outros países europeus em relação à bebida é um pouco mais sofisticada – e a ideia de tomar uma pequena taça de vinho branco com sua refeição matinal é considerada normal. Será que o Reino Unido também vai seguir este caminho?

“Na Europa – principalmente na Espanha, França e Itália – tomar vinho nas refeições é uma parte muito importante da vida,” disse Rob Edwards, diretor da empresa The Vino Beano, que comercializa vinhos, ao The Independent.

“Eu não acho que as pessoas nestes países bebam vinho, ou qualquer outra bebida alcoólica, para ficarem bêbadas. O vinho numa refeição é muito mais que isso”.

“É a reunião de amigos ou familiares, e a oportunidade de aproveitar o tempo juntos. O vinho apenas complementa tudo isso”.

Esta cena não se parece nem um pouco com a cultura dos britânicos em relação ao álcool, que tem mais a ver com amigos pressionando-se mutuamente a tomar mais uma dose de tequila. Será que o país irá se adaptar a esta realidade?

Os britânicos já aderiram à ideia de tomar um prosecco em seus ‘brunches’, então que diferença faz beber uma quantidade mais moderada de uma bebida não espumante?

“Eu, definitivamente, sugeriria algo como um Lambrusco di Sorbara, leve e interessante, ou um Riesling alemão de Mosel, que costuma ter uma pitada de açúcar residual e um teor alcoólico muito baixo,” recomenda Briccarello.

“Vinhos tintos leves, como o Gamay, combinam muito com aperitivos salgados, e um tinto leve, geladinho, como o Bardolino, é a escolha perfeita para qualquer principiante”.

Se você quer acrescentar um pouco de vinho às suas manhãs, já sabe como fazê-lo, mas lembre-se: seja responsável).

Alice Sholl
Yahoo Vida e Estilo

Campartilhe.

Comentários desativados.