hawai167

Mais de 145 mil famílias já retiraram o kit gratuito distribuído pela Seja Digital na região de Curitiba

0

Com o desligamento do sinal analógico de TV se aproximando, a entidade reforça as ações para distribuir outros mais de 220 mil kits gratuitos

Esta semana, a Seja Digital atingiu o patamar de mais de 145 mil kits gratuitos distribuídos para as famílias de baixa renda atendidas pelo Governo Federal na região de Curitiba. A distribuição do kit gratuito, que conta com antena digital e conversor com controle remoto, é uma das missões da Seja Digital, entidade não governamental e sem fins lucrativos, criada por determinação da Anatel para operacionalizar a migração do sinal analógico de TV para o digital.

O desligamento do sinal analógico de TV em 27 cidades da região de Curitiba está previsto para acontecer no dia 31 de janeiro de 2018. “Temos ainda mais de 220 mil kits para serem distribuídos e não vamos deixar ninguém para trás. Estamos nos aproximando da data do desligamento, por isso, é muito importante que a população esteja preparada o quanto antes para que continuem assistindo aos seus programas favoritos”, afirma Sandra Frasson, gerente regional da Seja Digital.

Para saber se tem direito ao kit, a população deve ligar gratuitamente para o número 147 com NIS (Número de Identificação Social) em mãos ou acessar o portal sejadigital.com.br/kit e fazer o agendamento para retirar os equipamentos em um dos pontos disponíveis na região. Os equipamentos que compõem o kit são distribuídos gratuitamente pela Seja Digital às famílias de baixa renda atendidas pelo Governo Federal e possibilitam que televisores antigos tenham acesso ao sinal digital.

Sobre a Seja Digital

A Seja Digital (EAD – Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV) é uma instituição não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.

Por Antonio Sachetti Jr
Comunicare Agência

Campartilhe.

Comentários desativados.